PL 2638/2020

APRESENTAÇÃO

14.05.2020

AUTORIA

Marcelo Ramos

ORIGEM

Câmara

SITUAÇÃO

Plenário ( PLEN ) - Apresentação do Requerimento de Urgência (Art. 155 do RICD) n. 1927/2020, pe...

ementa

Dispõe sobre a tipificação criminal de furto mediante fraude eletrônica; e altera o Decreto-Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940 - Código Penal.



pontos principais

Visa alterar o artigo 115 do Código Penal - crime de furto - para prever a hipótese de furto mediante fraude eletrônica.

O PL quer instituir pena de reclusão, de 4 a 10 anos, se o furto ocorre mediante fraude cometida por dispositivo eletrônico, conectado à Internet ou não, com ou sem a violação de mecanismo de de segurança ou com programa malicioso. Outra hipótese é se a fraude é cometida via dados fornecidos pela vítima induzida em erro - por redes sociais, contatos telefônicos ou envio de correio eletrônico fraudulento.

Essa mesma pena pode ser aumentada em dois terços caso o crime seja praticado por servidor mantido fora do território nacional.



últimas tramitações


24.07.2020

Plenário ( PLEN ) - Apresentação do Requerimento de Urgência (Art. 155 do RICD) n. 1927/2020, pelo Deputado Lucas Vergilio (SOLIDARI/GO) e outros, que "Requer, nos termos regimentais, urgência para apreciação do Projeto de Lei nº 2.638, de 2020, que dispõe sobre a tipificação criminal de furto mediante fraude eletrônica; e altera o Decreto-Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940 - Código Penal".

14.05.2020

Mesa Diretora ( MESA ) - Apresentação do Projeto de Lei n. 2638/2020, pelo Deputado Marcelo Ramos (PL/AM), que "Dispõe sobre a tipificação criminal de furto mediante fraude eletrônica; e altera o Decreto-Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940 - Código Penal".




Este projeto foi criado pela Coding Rights e está licenciado com uma Licença Creative Commons 4.0 CompartilhaIgual.

Código aberto disponível no Gitlab